De outros

9 histórias da rede de conteúdo culinário para ler agora: 2/4/2013 Apresentação de slides


Coconut & Lime - Coconut Cadbury Rice Krispies "Scotch Eggs"

Coco e limão é um "baltimoreano de sétima geração, dono de cães, leitor, observador de filmes, usuário de óculos de sol" e, espere ... "amante da comida". Depois de começar o Coconut & Lime em 2004 como uma forma de registrar receitas e compartilhar com amigos, ele e ela se tornaram um blog / blogueiro em tempo integral, desenvolvedor profissional de receitas, colunista de alimentos, autora de livros de receitas por duas vezes e fotógrafo amador de alimentos . Neste post - para aqueles de vocês que ainda não estão fartos das guloseimas da Páscoa da Cadbury - Coconut & Lime recriam scotch eggs com confeitos doces.

Cozinha do homem das cavernas civilizado - Bolo de chocolate e mirtilo com cobertura de manga e canela

Cozinha do homem das cavernas civilizado é de autoria de um fuzileiro naval dos Estados Unidos da ativa de 27 anos, que se orgulha muito do tempo que passa longe de casa, fazendo a diferença na vida de muitas pessoas. Este fuzileiro, entretanto, passou a maior parte de sua vida acima do peso e fora de forma. Quando ele foi se alistar, disseram que pesava "43 libras a mais do que eu precisava para me inscrever ou partir para o campo de treinamento". Foi aquele momento que ele escolheu provar que o mundo estava errado e fazer algumas mudanças em sua vida. Suas mudanças foram fúteis, no entanto, desenvolvendo síndrome de compartimento induzida em suas pernas e levando a cirurgia e terapia, bem como dois anos em uma cadeira de rodas. No final, foi Crossfit que mudou sua vida e escolheu viver um estilo de vida Paleo. “Estou sempre em um estado de felicidade com muita energia. Nunca fui mais forte, mais rápido ou pareci melhor e tudo o que posso agradecer é todo o movimento Paleo. ” Bem, não poderíamos estar mais maravilhados e estamos torcendo por ele em cada etapa de sua vida mais saudável e de sua jornada na Marinha. Também estamos satisfeitos com seu blog, e mal podemos esperar para compartilhar esta receita de bolo de chocolate e mirtilo com cobertura de manga e canela que é compatível com o Paleo e tem fotos com sabor.

Looky Tasty - Festival de Produtores Artesãos do Pastoral 2013

Looky Tasty é um blog dedicado a "mantê-lo atualizado sobre eventos divertidos relacionados à comida que acontecem na cidade de Nova York e Chicago", e a compartilhar algumas ofertas de alimentos privilegiados. Aqui, eles chamam a atenção para o Festival de Produtores Artesãos da Pastoral, que acontece no dia 27 de abril.

The Duo Dishes - Aumentando Nossas Frutas e Veggies

The Duo Dishes, uma dupla também conhecida como Chrystal e Amir, dois comedores apaixonados, cozinheiros experimentais e amigos da faculdade baseados no sul da Califórnia, começou em 2008 como uma vitrine para tradições familiares misturadas, pratos regionais e novos sabores étnicos - fazendo refeições rápidas e elaboradas festas. Nesse post, eles falam de frutas e vegetais, dando-nos a receita de um smoothie de espinafre e abacate.

Binomial Baker - Farmer's Market Veggie Burgers com Chipotle Abacate Sauce

Binomial Baker não aprecia nada mais do que sua grande família reunida ao redor para um grande banquete. Ela está estudando para ser professora de matemática, adora dançar e cantar e adora compartilhar suas aventuras culinárias por meio de seu blog, onde ela é "apenas uma universitária cozinhando seu caminho pela vida, um bolinho de cada vez". Neste post, ela dá uma receita vegetariana de Páscoa que qualquer pessoa pode usar.

Cookistry - Peanut Butter Cup Magic

Culinária (Cozinhar, Asse, Ferver e Borbulhar), trata-se de criar, experimentar e brincar com a comida na cozinha. Ela acredita que cozinhar é uma combinação de arte e ciência, onde uma não pode existir sem a outra. Neste post, ela decide fazer uma última adaptação do bolo mágico, abordando anteriormente a farinha de avelã e as nozes picadas, e desta vez optando pela manteiga de amendoim e gotas de chocolate.

Ingredients, Inc. - Figos Recheados com Hortelã de Gergelim e Quinoa: Sorteio de Livro de Receitas

Ingredients, Inc. é um blog de Alison Lewis, editora-chefe e fundadora da Healthy Travel, uma revista digital lançada em março deste ano. Ela tem uma série de funções em seu currículo, de autora de livro de receitas a televisão e porta-voz de mídia social a presidente da Ingredients, Inc., uma empresa de consultoria de mídia em Birmingham, Alabama. Aqui, Alison nos dá uma receita para um aperitivo de primavera que é colorido e saudável.

Makobi Scribe - A importância de ler os rótulos dos alimentos

Makobi ScribeAs muitas vozes de mães e blogueiras de diferentes origens. A proprietária Jennifer Medeios escreve sobre sua jornada para perder peso, criações de receitas, excursões de viagens e muito mais, sem falar nas dicas e truques de ser mãe de três meninos, de 19 a 2 anos de idade. Sua contraparte Kelly, também mãe de três, bloga sobre dicas e tendências verdes, bem como uma jornada própria para perder peso. Além dessas vozes principais, os blogueiros convidados aumentam a gama de vozes que aparecem neste site. Neste post, Kelly volta à importância dos rótulos nutricionais, dando-lhes uma boa leitura, algo que consideramos importante não apenas para quem está fazendo dieta, mas para todos.

The Messy Baker - Easy Leftover Smashed Potatoes

O padeiro bagunçado, Charmain Christie, bloga apesar do olhar desaprovador de seu marido e tem um livro de receitas nas prateleiras das lojas na primavera de 2014. Ela descreve suas influências como sua mãe e a revista Canadian Living; ela adora ingredientes frescos e sabores equilibrados e não vai mexer com nada muito complexo (exceto quando se trata de panificação). Ela é uma jornalista treinada, e seus sabores favoritos começam com “C” ... coincidência? Nesta postagem, ela visa as sobras e dá uma receita que ela (apropriadamente) chama de “batata amassada”.


Observando os Vigilantes

Li com interesse esta manhã o seguinte:

10 comentários:

O Open Street Map tem uma proposta para um ícone CCTV - adicionar os locais ao OSM com uma imagem associada pode ser o caminho a seguir.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

Isso é interessante - obrigado. Melhor ainda se várias imagens e textos pudessem ser adicionados como anotações.

sim. E alguma ideia do campo de visão das câmeras, embora isso tivesse que ser baseado em suposições bem fundamentadas.

Na verdade: eu acho que uma vez que o banco de dados básico existisse, todos os tipos de informações poderiam ser adicionados - quando as câmeras foram atualizadas, campo de visão, digitalização, etc.

Uma ótima imagem para acompanhar isso seria http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
a colagem gigante de fotos do estado de vigilância do Reino Unido.

Na verdade, um encapsulamento maravilhoso.

Mas que tal o ORG se reunir com o pessoal do OpenStreetMap - veja

mobilizar todos para construir esse banco de dados?

Eu faria minha parte na divulgação / promoção da ideia, e acho que muitos outros fariam também. Talvez o Guardian estivesse interessado.

Embora eu ache que haja muitas violações do meu direito à privacidade (existe mais alguma no Reino Unido?), Pessoalmente não consigo entender a confusão sobre as câmeras de CFTV em locais públicos. As câmeras CCTV são uma maneira muito ruim de rastrear os movimentos das pessoas, pois elas não podem ver o que você faz quando você está fora do campo de visão, especialmente se você entrar em um prédio onde não as tem. Se alguém realmente deseja saber aonde você vai e o que faz, é muito mais fácil (e mais eficaz) ter uma pessoa seguindo você do que qualquer número de câmeras de CFTV.

O principal problema que tenho com as câmeras de CFTV é que muitas delas têm resolução tão ruim, especialmente com pouca luz, que as imagens produzidas são inúteis, mesmo para o propósito declarado de detectar o crime. Infelizmente, a polícia descobriu isso em várias ocasiões. Se as câmeras de CFTV não podem fazer o trabalho, é inútil instalá-las. Também é um desperdício de dinheiro quando eles são promovidos pelo conselho local.

Em qualquer caso, muitas câmeras CCTV sobrescrevem a fita (ou outro meio de gravação) em um período de tempo relativamente curto (todos os dias em alguns casos), então o fato de eu ter ido ao supermercado para comprar mantimentos será esquecido (apagado) amanhã . [sorriso]

(Observe que, apesar da minha piada muito fraca acima, isso não é baseado no argumento & quotNão tenho nada a esconder & quot, que é completamente falso.)

@Pater: bons pontos. Concordo que muitas vezes as câmeras de CFTV são inúteis, mas isso não os impede de colocar mais em alguma crença ingênua de que resolve todos os problemas.

A razão pela qual sugeri que assistíssemos os observadores é que isso pode - pode - fazer com que as pessoas que os usam - pensem em serem eles próprios observados: acho que grande parte da atração do CCTV é que é um poder assimétrico - eles nos observam , mas não podemos vê-los.

Quanto mais informações coletamos sobre os CFTVs - onde eles estão, quem está correndo, mais simetria é introduzida.

A criação de um banco de dados de câmeras de CFTV pode muito bem ser ilegal de acordo com a Lei do Terrorismo de 2000

58 Coleta de informações
(1) Uma pessoa comete uma ofensa se & # 8212

(a) ele coleta ou faz um registro de informações de um tipo que possa ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) possuir documento ou registro contendo informações dessa natureza.

(2) Nesta seção, & # 8220record & # 8221 inclui um registro fotográfico ou eletrônico.

Assim como tirar fotos da polícia agora é ilegal (Lei Antiterrorismo de 2008)

76 Ofensas relacionadas a informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Após a seção 58 da Lei de Terrorismo de 2000 (coleta de informações), inserir & # 8212
& # 822058A Extrair, publicar ou comunicar informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Uma pessoa comete um delito que & # 8212

(a) elicia ou tenta eliciar informações sobre um indivíduo que é ou foi & # 8212

(i) um membro das forças de Sua Majestade & # 8217s,

(ii) um membro de qualquer um dos serviços de inteligência, ou

que seja do tipo que provavelmente será útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) publica ou comunica tais informações.

Como acontece com todo esse tipo de legislação, é muito mais eficaz no controle do público do que na prevenção do terrorismo.

bom ponto. não está claro se eles realmente processariam, mas um problema, certamente.


Observando os Vigilantes

Li com interesse esta manhã o seguinte:

10 comentários:

O Open Street Map tem uma proposta para um ícone CCTV - adicionar os locais ao OSM com uma imagem associada pode ser o caminho a seguir.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

Isso é interessante - obrigado. Melhor ainda se várias imagens e textos pudessem ser adicionados como anotações.

sim. E alguma ideia do campo de visão das câmeras, embora isso tivesse que ser baseado em suposições bem fundamentadas.

De fato: eu acho que uma vez que o banco de dados básico existisse, todos os tipos de informações poderiam ser adicionados - quando as câmeras foram atualizadas, campo de visão, digitalização, etc.

Uma ótima imagem para acompanhar isso seria http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
a colagem gigante de fotos do estado de vigilância do Reino Unido.

Na verdade, um encapsulamento maravilhoso.

Mas que tal o ORG se reunir com o pessoal do OpenStreetMap - veja

mobilizar todos para construir esse banco de dados?

Eu faria minha parte na divulgação / promoção da ideia, e acho que muitos outros fariam também. Talvez o Guardian estivesse interessado.

Embora eu ache que há muitas violações do meu direito à privacidade (existe mais alguma no Reino Unido?), Pessoalmente não consigo entender a confusão sobre as câmeras de CFTV em locais públicos. As câmeras CCTV são uma maneira muito ruim de rastrear os movimentos das pessoas, pois elas não podem ver o que você faz quando você está fora do campo de visão, especialmente se você entrar em um prédio que não as possui. Se alguém realmente deseja saber aonde você vai e o que faz, é muito mais fácil (e mais eficaz) ter uma pessoa seguindo você do que qualquer número de câmeras de CFTV.

O principal problema que tenho com as câmeras de CFTV é que muitas delas têm resolução tão ruim, especialmente com pouca luz, que as imagens produzidas são inúteis, mesmo para o propósito declarado de detectar o crime. Infelizmente, a polícia descobriu isso em várias ocasiões. Se as câmeras de CFTV não podem fazer o trabalho, é inútil instalá-las. Também é um desperdício de dinheiro quando eles são promovidos pelo conselho local.

Em qualquer caso, muitas câmeras CCTV sobrescrevem a fita (ou outro meio de gravação) em um período de tempo relativamente curto (todos os dias em alguns casos), então o fato de eu ter ido ao supermercado para comprar mantimentos será esquecido (apagado) amanhã . [sorriso]

(Observe que, apesar da minha piada muito fraca acima, isso não é baseado no argumento & quotNão tenho nada a esconder & quot, que é completamente falso.)

@Pater: bons pontos. Concordo que muitas vezes as câmeras de CFTV são inúteis, mas isso não os impede de colocar mais em alguma crença ingênua de que resolve todos os problemas.

A razão pela qual sugeri que assistíssemos os observadores é que isso pode - pode - fazer com que as pessoas que os usam - pensem em serem eles próprios observados: acho que grande parte da atração do CCTV é que é um poder assimétrico - eles nos observam , mas não podemos vê-los.

Quanto mais informações coletamos sobre os CFTVs - onde eles estão, quem está correndo, mais simetria é introduzida.

A criação de um banco de dados de câmeras CCTV pode muito bem ser ilegal de acordo com a Lei do Terrorismo de 2000

58 Coleta de informações
(1) Uma pessoa comete uma ofensa se & # 8212

(a) ele coleta ou faz um registro de informações de um tipo que possa ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) possuir documento ou registro contendo informações dessa natureza.

(2) Nesta seção, & # 8220record & # 8221 inclui um registro fotográfico ou eletrônico.

Assim como tirar fotos da polícia agora é ilegal (Lei Antiterrorismo de 2008)

76 Ofensas relacionadas a informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Após a seção 58 da Lei de Terrorismo de 2000 (coleta de informações), inserir & # 8212
& # 822058A Extrair, publicar ou comunicar informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Uma pessoa comete um delito que & # 8212

(a) elicia ou tenta eliciar informações sobre um indivíduo que é ou foi & # 8212

(i) um membro das forças de Sua Majestade & # 8217s,

(ii) um membro de qualquer um dos serviços de inteligência, ou

que é do tipo que pode ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) publica ou comunica tais informações.

Como acontece com todo esse tipo de legislação, é muito mais eficaz no controle do público do que na prevenção do terrorismo.

bom ponto. não está claro se eles realmente processariam, mas um problema, certamente.


Observando os Vigilantes

Li com interesse esta manhã o seguinte:

10 comentários:

O Open Street Map tem uma proposta para um ícone CCTV - adicionar os locais ao OSM com uma imagem associada pode ser o caminho a seguir.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

Isso é interessante - obrigado. Melhor ainda se várias imagens e textos pudessem ser adicionados como anotações.

sim. E alguma ideia do campo de visão das câmeras, embora isso tivesse que ser baseado em suposições bem fundamentadas.

De fato: eu acho que uma vez que o banco de dados básico existisse, todos os tipos de informações poderiam ser adicionados - quando as câmeras foram atualizadas, campo de visão, digitalização, etc.

Uma ótima imagem para acompanhar isso seria http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
a colagem gigante de fotos do estado de vigilância do Reino Unido.

Na verdade, um encapsulamento maravilhoso.

Mas que tal o ORG se reunir com o pessoal do OpenStreetMap - veja

mobilizar todos para construir esse banco de dados?

Eu faria minha parte na divulgação / promoção da ideia, e acho que muitos outros fariam também. Talvez o Guardian estivesse interessado.

Embora eu ache que haja muitas violações do meu direito à privacidade (existe mais alguma no Reino Unido?), Pessoalmente não consigo entender a confusão sobre as câmeras de CFTV em locais públicos. As câmeras CCTV são uma maneira muito ruim de rastrear os movimentos das pessoas, pois elas não podem ver o que você faz quando você está fora do campo de visão, especialmente se você entrar em um prédio onde não as tem. Se alguém realmente quer saber aonde você vai e o que faz, é muito mais fácil (e mais eficaz) ter uma pessoa seguindo você do que qualquer número de câmeras de CFTV.

O principal problema que tenho com câmeras de CFTV é que muitas delas têm resolução tão ruim, especialmente com pouca luz, que as imagens produzidas são inúteis, mesmo para o propósito declarado de detectar o crime. Infelizmente, a polícia descobriu isso em várias ocasiões. Se as câmeras de CFTV não puderem fazer o trabalho, é inútil instalá-las. Também é um desperdício de dinheiro quando eles são promovidos pelo conselho local.

Em qualquer caso, muitas câmeras CCTV sobrescrevem a fita (ou outro meio de gravação) em um período de tempo relativamente curto (todos os dias em alguns casos), então o fato de eu ter ido ao supermercado para comprar mantimentos será esquecido (apagado) amanhã . [sorriso]

(Observe que, apesar da minha piada muito fraca acima, isso não é baseado no argumento & quotNão tenho nada a esconder & quot, que é completamente falso.)

@Pater: bons pontos. Eu concordo que muitas vezes as câmeras CCTV são inúteis, mas isso não os impede de colocar mais em alguma crença ingênua de que resolve todos os problemas.

A razão pela qual sugeri que assistíssemos os observadores é que isso pode - pode - fazer com que as pessoas que os usam - pensem em serem eles próprios observados: acho que grande parte da atração do CCTV é que é um poder assimétrico - eles nos observam , mas não podemos vê-los.

Quanto mais informações coletamos sobre os CFTVs - onde eles estão, quem está correndo, mais simetria é introduzida.

A criação de um banco de dados de câmeras CCTV pode muito bem ser ilegal de acordo com a Lei do Terrorismo de 2000

58 Coleta de informações
(1) Uma pessoa comete uma ofensa se & # 8212

(a) ele coleta ou faz um registro de informações de um tipo que possa ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) possuir documento ou registro contendo informações dessa natureza.

(2) Nesta seção, & # 8220record & # 8221 inclui um registro fotográfico ou eletrônico.

Assim como tirar fotos da polícia agora é ilegal (Lei Antiterrorismo de 2008)

76 Ofensas relacionadas a informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Após a seção 58 da Lei de Terrorismo de 2000 (coleta de informações), inserir & # 8212
& # 822058A Extrair, publicar ou comunicar informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Uma pessoa comete um delito que & # 8212

(a) elicia ou tenta eliciar informações sobre um indivíduo que é ou foi & # 8212

(i) um membro das forças de Sua Majestade & # 8217s,

(ii) um membro de qualquer um dos serviços de inteligência, ou

que é do tipo que pode ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) publica ou comunica tais informações.

Como acontece com todo esse tipo de legislação, é muito mais eficaz no controle do público do que na prevenção do terrorismo.

bom ponto. não está claro se eles realmente processariam, mas um problema, certamente.


Observando os Vigilantes

Li com interesse esta manhã o seguinte:

10 comentários:

O Open Street Map tem uma proposta para um ícone CCTV - adicionar os locais ao OSM com uma imagem associada pode ser o caminho a seguir.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

Isso é interessante - obrigado. Melhor ainda se várias imagens e textos pudessem ser adicionados como anotações.

sim. E alguma ideia do campo de visão das câmeras, embora isso tivesse que ser baseado em suposições bem fundamentadas.

Na verdade: eu acho que uma vez que o banco de dados básico existisse, todos os tipos de informações poderiam ser adicionados - quando as câmeras foram atualizadas, campo de visão, digitalização, etc.

Uma ótima imagem para acompanhar isso seria http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
a colagem gigante de fotos do estado de vigilância do Reino Unido.

Na verdade, um encapsulamento maravilhoso.

Mas que tal o ORG se reunir com o pessoal do OpenStreetMap - veja

mobilizar todos para construir esse banco de dados?

Eu faria minha parte na divulgação / promoção da ideia, e acho que muitos outros fariam também. Talvez o Guardian estivesse interessado.

Embora eu ache que há muitas violações do meu direito à privacidade (existe mais alguma no Reino Unido?), Pessoalmente não consigo entender a confusão sobre as câmeras de CFTV em locais públicos. As câmeras CCTV são uma maneira muito ruim de rastrear os movimentos das pessoas, pois elas não podem ver o que você faz quando você está fora do campo de visão, especialmente se você entrar em um prédio que não as possui. Se alguém realmente quer saber aonde você vai e o que faz, é muito mais fácil (e mais eficaz) ter uma pessoa seguindo você do que qualquer número de câmeras de CFTV.

O principal problema que tenho com as câmeras de CFTV é que muitas delas têm resolução tão ruim, especialmente com pouca luz, que as imagens produzidas são inúteis, mesmo para o propósito declarado de detectar o crime. Infelizmente, a polícia descobriu isso em várias ocasiões. Se as câmeras de CFTV não puderem fazer o trabalho, é inútil instalá-las. Também é um desperdício de dinheiro quando eles são promovidos pelo conselho local.

Em qualquer caso, muitas câmeras CCTV sobrescrevem a fita (ou outro meio de gravação) em um período de tempo relativamente curto (todos os dias em alguns casos), então o fato de eu ter ido ao supermercado para comprar mantimentos será esquecido (apagado) amanhã . [sorriso]

(Observe que, apesar da minha piada muito fraca acima, isso não é baseado no argumento & quotNão tenho nada a esconder & quot, que é completamente falso.)

@Pater: bons pontos. Eu concordo que muitas vezes as câmeras CCTV são inúteis, mas isso não os impede de colocar mais em alguma crença ingênua de que resolve todos os problemas.

A razão pela qual sugeri que assistíssemos os observadores é que isso pode - pode - fazer com que as pessoas que os usam - pensem em serem eles próprios observados: acho que grande parte da atração do CCTV é que é um poder assimétrico - eles nos observam , mas não podemos vê-los.

Quanto mais informações coletamos sobre os CCTVs - onde eles estão, quem está correndo, mais simetria é introduzida.

A criação de um banco de dados de câmeras de CFTV pode muito bem ser ilegal de acordo com a Lei do Terrorismo de 2000

58 Coleta de informações
(1) Uma pessoa comete uma ofensa se & # 8212

(a) ele coleta ou faz um registro de informações de um tipo que possa ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) possuir documento ou registro contendo informações dessa natureza.

(2) Nesta seção, & # 8220record & # 8221 inclui um registro fotográfico ou eletrônico.

Assim como tirar fotos da polícia agora é ilegal (Lei Antiterrorismo de 2008)

76 Ofensas relacionadas a informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Após a seção 58 da Lei de Terrorismo de 2000 (coleta de informações), inserir & # 8212
& # 822058A Extrair, publicar ou comunicar informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Uma pessoa comete um delito que & # 8212

(a) elicia ou tenta eliciar informações sobre um indivíduo que é ou foi & # 8212

(i) um membro das forças de Sua Majestade & # 8217s,

(ii) um membro de qualquer um dos serviços de inteligência, ou

que é do tipo que pode ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) publica ou comunica tais informações.

Como acontece com todo esse tipo de legislação, é muito mais eficaz no controle do público do que na prevenção do terrorismo.

bom ponto. não está claro se eles realmente processariam, mas um problema, certamente.


Observando os Vigilantes

Li com interesse esta manhã o seguinte:

10 comentários:

O Open Street Map tem uma proposta para um ícone CCTV - adicionar os locais ao OSM com uma imagem associada pode ser o caminho a seguir.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

Isso é interessante - obrigado. Melhor ainda se várias imagens e textos pudessem ser adicionados como anotações.

sim. E alguma ideia do campo de visão das câmeras, embora isso tivesse que ser baseado em suposições bem fundamentadas.

De fato: eu acho que uma vez que o banco de dados básico existisse, todos os tipos de informações poderiam ser adicionados - quando as câmeras foram atualizadas, campo de visão, digitalização, etc.

Uma ótima imagem para acompanhar isso seria http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
a colagem gigante de fotos do estado de vigilância do Reino Unido.

Na verdade, um encapsulamento maravilhoso.

Mas que tal o ORG se reunir com o pessoal do OpenStreetMap - veja

mobilizar todos para construir esse banco de dados?

Eu faria minha parte na divulgação / promoção da ideia, e acho que muitos outros fariam também. Talvez o Guardian estivesse interessado.

Embora eu ache que há muitas violações do meu direito à privacidade (existe mais alguma no Reino Unido?), Pessoalmente não consigo entender a confusão sobre as câmeras de CFTV em locais públicos. As câmeras CCTV são uma maneira muito ruim de rastrear os movimentos das pessoas, pois elas não podem ver o que você faz quando você está fora do campo de visão, especialmente se você entrar em um prédio que não as possui. Se alguém realmente quer saber aonde você vai e o que faz, é muito mais fácil (e mais eficaz) ter uma pessoa seguindo você do que qualquer número de câmeras de CFTV.

O principal problema que tenho com as câmeras de CFTV é que muitas delas têm resolução tão ruim, especialmente com pouca luz, que as imagens produzidas são inúteis, mesmo para o propósito declarado de detectar o crime. Infelizmente, a polícia descobriu isso em várias ocasiões. Se as câmeras de CFTV não podem fazer o trabalho, é inútil instalá-las. Também é um desperdício de dinheiro quando eles são promovidos pelo conselho local.

Em qualquer caso, muitas câmeras CCTV sobrescrevem a fita (ou outro meio de gravação) em um período de tempo relativamente curto (todos os dias em alguns casos), então o fato de eu ter ido ao supermercado para comprar mantimentos será esquecido (apagado) amanhã . [sorriso]

(Observe que, apesar da minha piada muito fraca acima, isso não é baseado no argumento & quotNão tenho nada a esconder & quot, que é completamente falso.)

@Pater: bons pontos. Eu concordo que muitas vezes as câmeras CCTV são inúteis, mas isso não os impede de colocar mais em alguma crença ingênua de que resolve todos os problemas.

A razão pela qual sugeri que assistíssemos os observadores é que isso pode - pode - fazer com que as pessoas que os usam - pensem em serem eles próprios observados: acho que grande parte da atração do CCTV é que é um poder assimétrico - eles nos observam , mas não podemos vê-los.

Quanto mais informações coletamos sobre os CCTVs - onde eles estão, quem está correndo, mais simetria é introduzida.

A criação de um banco de dados de câmeras CCTV pode muito bem ser ilegal de acordo com a Lei do Terrorismo de 2000

58 Coleta de informações
(1) Uma pessoa comete uma ofensa se & # 8212

(a) ele coleta ou faz um registro de informações de um tipo que possa ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) possuir documento ou registro contendo informações dessa natureza.

(2) Nesta seção, & # 8220record & # 8221 inclui um registro fotográfico ou eletrônico.

Assim como tirar fotos da polícia agora é ilegal (Lei Antiterrorismo de 2008)

76 Ofensas relacionadas a informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Após a seção 58 da Lei de Terrorismo de 2000 (coleta de informações), inserir & # 8212
& # 822058A Extrair, publicar ou comunicar informações sobre membros das forças armadas, etc.

(1) Uma pessoa comete um delito que & # 8212

(a) elicia ou tenta eliciar informações sobre um indivíduo que é ou foi & # 8212

(i) um membro das forças de Sua Majestade & # 8217s,

(ii) um membro de qualquer um dos serviços de inteligência, ou

que seja do tipo que provavelmente será útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) publica ou comunica tais informações.

Como acontece com todo esse tipo de legislação, é muito mais eficaz no controle do público do que na prevenção do terrorismo.

bom ponto. não está claro se eles realmente processariam, mas um problema, certamente.


Observando os Vigilantes

Li com interesse esta manhã o seguinte:

10 comentários:

O Open Street Map tem uma proposta para um ícone CCTV - adicionar os locais ao OSM com uma imagem associada pode ser o caminho a seguir.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

Isso é interessante - obrigado. Melhor ainda se várias imagens e textos pudessem ser adicionados como anotações.

sim. E alguma ideia do campo de visão das câmeras, embora isso tivesse que ser baseado em suposições bem fundamentadas.

De fato: eu acho que uma vez que o banco de dados básico existisse, todos os tipos de informações poderiam ser adicionados - quando as câmeras foram atualizadas, campo de visão, digitalização, etc.

Uma ótima imagem para acompanhar isso seria http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
a colagem gigante de fotos do estado de vigilância do Reino Unido.

Na verdade, um encapsulamento maravilhoso.

Mas que tal o ORG se reunir com o pessoal do OpenStreetMap - veja

mobilizar todos para construir esse banco de dados?

Eu faria minha parte na divulgação / promoção da ideia, e acho que muitos outros fariam também. Talvez o Guardian estivesse interessado.

Embora eu ache que há muitas violações do meu direito à privacidade (existe mais alguma no Reino Unido?), Pessoalmente não consigo entender a confusão sobre as câmeras de CFTV em locais públicos. As câmeras CCTV são uma maneira muito ruim de rastrear os movimentos das pessoas, pois elas não podem ver o que você faz quando você está fora do campo de visão, especialmente se você entrar em um prédio que não as possui. Se alguém realmente quer saber aonde você vai e o que faz, é muito mais fácil (e mais eficaz) ter uma pessoa seguindo você do que qualquer número de câmeras de CFTV.

O principal problema que tenho com as câmeras de CFTV é que muitas delas têm resolução tão ruim, especialmente com pouca luz, que as imagens produzidas são inúteis, mesmo para o propósito declarado de detectar o crime. Infelizmente, a polícia descobriu isso em várias ocasiões. Se as câmeras de CFTV não puderem fazer o trabalho, é inútil instalá-las. Também é um desperdício de dinheiro quando eles são promovidos pelo conselho local.

Em qualquer caso, muitas câmeras CCTV sobrescrevem a fita (ou outro meio de gravação) em um período de tempo relativamente curto (todos os dias em alguns casos), então o fato de eu ter ido ao supermercado para comprar mantimentos será esquecido (apagado) amanhã . [sorriso]

(Observe que, apesar da minha piada muito fraca acima, isso não é baseado no argumento & quotNão tenho nada a esconder & quot, que é completamente falso.)

@Pater: bons pontos. Eu concordo que muitas vezes as câmeras CCTV são inúteis, mas isso não os impede de colocar mais em alguma crença ingênua de que resolve todos os problemas.

A razão pela qual sugeri que assistíssemos os observadores é que isso pode - pode - fazer com que as pessoas que os usam - pensem em serem eles próprios observados: acho que grande parte da atração do CCTV é que é um poder assimétrico - eles nos observam , mas não podemos vê-los.

Quanto mais informações coletamos sobre os CFTVs - onde eles estão, quem está correndo, mais simetria é introduzida.

A criação de um banco de dados de câmeras de CFTV pode muito bem ser ilegal de acordo com a Lei do Terrorismo de 2000

58 Coleta de informações
(1) Uma pessoa comete uma ofensa se & # 8212

(a) ele coleta ou faz um registro de informações de um tipo que possa ser útil para uma pessoa que comete ou prepara um ato de terrorismo, ou

(b) possuir documento ou registro contendo informações dessa natureza.

(2) In this section “record” includes a photographic or electronic record.

Just as taking photos of the police is now illegal (Counter-Terrorism Act 2008)

76 Offences relating to information about members of armed forces etc

(1) After section 58 of the Terrorism Act 2000 (collection of information) insert—
󈬪A Eliciting, publishing or communicating information about members of armed forces etc

(1) A person commits an offence who—

(a) elicits or attempts to elicit information about an individual who is or has been—

(i) a member of Her Majesty’s forces,

(ii) a member of any of the intelligence services, or

which is of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) publishes or communicates any such information.

As with all this kind of legislation, it's much more effective in controlling the public than preventing terrorism.

good point. not clear whether they'd really prosecute, but an issue, certainly.


Watching the Watchers

I read with interest this morning the following:

10 comments:

Open Street Map has a proposal for a CCTV icon - adding the locations to OSM with an associated image might be the way forward.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

That's interesting - thanks. Even better if multiple images and text could be added as annotation.

sim. And some idea of the field of view of the cameras, although that would have to be based on educated guesswork.

Indeed: I think once the basic database existed all kinds of info could be added - when cameras were upgraded, field of view, scanning etc.

A great image to go with this would be http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
the giant collage of UK surveillance state photos.

Indeed, a wonderful encapsulation.

But how about ORG getting together with the OpenStreetMap people - see

to mobilise everyone to build that database?

I'd do my bit in publicising/pushing the idea, and I think a lot of others would, too. Maybe the Guardian would be interested.

Although I think that there are a lot of violations of my right to privacy (is there one in the UK any more?), personally I cannot understand the fuss about CCTV cameras in public places. CCTV cameras are a very poor way of tracking people's movements as they cannot see what you do once you are out of their field of view, especially if you enter a building that does not have them. If someone really wants to know where you go and what you do, it is much easier (and more effective) to have a person follow you than any number of CCTV cameras.

The main issue that I have with CCTV cameras is that many of them have such poor resolution, particularly in low light, that the images produced are useless even for their stated purpose of detecting crime. Unfortunately, the police have found this out on numerous occasions. If the CCTV cameras cannot do the job, it is pointless installing them. It is also a waste of our money when they are put up by the local council.

In any case, many CCTV cameras overwrite the tape (or other recording medium) in a relatively short period of time (every day in some cases) so the fact that I went to the supermarket to buy groceries will be forgotten (erased) by tomorrow. [grin]

(Note that, despite my very weak joke above, this is not based on the "I have nothing to hide" argument which is completely bogus.)

@Pater: good points. I agree that often the CCTV cames are useless, but that doesn't stop them putting in more in some naive belief that it solves all the problems.

The reason I was suggest we watch the watchers is that it might - might - get the people who use them - to think about being watched themselves: I think that much of the attraction of CCTV is that it is an asymmetric power - they watch us, but we can't see them.

The more info we gathered about the CCTVs - where they are, who is running, the more symmetry is introduced.

Setting up a database of CCTV cameras might well be illegal under the Terrorism Act 2000

58 Collection of information
(1) A person commits an offence if—

(a) he collects or makes a record of information of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) he possesses a document or record containing information of that kind.

(2) In this section “record” includes a photographic or electronic record.

Just as taking photos of the police is now illegal (Counter-Terrorism Act 2008)

76 Offences relating to information about members of armed forces etc

(1) After section 58 of the Terrorism Act 2000 (collection of information) insert—
󈬪A Eliciting, publishing or communicating information about members of armed forces etc

(1) A person commits an offence who—

(a) elicits or attempts to elicit information about an individual who is or has been—

(i) a member of Her Majesty’s forces,

(ii) a member of any of the intelligence services, or

which is of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) publishes or communicates any such information.

As with all this kind of legislation, it's much more effective in controlling the public than preventing terrorism.

good point. not clear whether they'd really prosecute, but an issue, certainly.


Watching the Watchers

I read with interest this morning the following:

10 comments:

Open Street Map has a proposal for a CCTV icon - adding the locations to OSM with an associated image might be the way forward.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

That's interesting - thanks. Even better if multiple images and text could be added as annotation.

sim. And some idea of the field of view of the cameras, although that would have to be based on educated guesswork.

Indeed: I think once the basic database existed all kinds of info could be added - when cameras were upgraded, field of view, scanning etc.

A great image to go with this would be http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
the giant collage of UK surveillance state photos.

Indeed, a wonderful encapsulation.

But how about ORG getting together with the OpenStreetMap people - see

to mobilise everyone to build that database?

I'd do my bit in publicising/pushing the idea, and I think a lot of others would, too. Maybe the Guardian would be interested.

Although I think that there are a lot of violations of my right to privacy (is there one in the UK any more?), personally I cannot understand the fuss about CCTV cameras in public places. CCTV cameras are a very poor way of tracking people's movements as they cannot see what you do once you are out of their field of view, especially if you enter a building that does not have them. If someone really wants to know where you go and what you do, it is much easier (and more effective) to have a person follow you than any number of CCTV cameras.

The main issue that I have with CCTV cameras is that many of them have such poor resolution, particularly in low light, that the images produced are useless even for their stated purpose of detecting crime. Unfortunately, the police have found this out on numerous occasions. If the CCTV cameras cannot do the job, it is pointless installing them. It is also a waste of our money when they are put up by the local council.

In any case, many CCTV cameras overwrite the tape (or other recording medium) in a relatively short period of time (every day in some cases) so the fact that I went to the supermarket to buy groceries will be forgotten (erased) by tomorrow. [grin]

(Note that, despite my very weak joke above, this is not based on the "I have nothing to hide" argument which is completely bogus.)

@Pater: good points. I agree that often the CCTV cames are useless, but that doesn't stop them putting in more in some naive belief that it solves all the problems.

The reason I was suggest we watch the watchers is that it might - might - get the people who use them - to think about being watched themselves: I think that much of the attraction of CCTV is that it is an asymmetric power - they watch us, but we can't see them.

The more info we gathered about the CCTVs - where they are, who is running, the more symmetry is introduced.

Setting up a database of CCTV cameras might well be illegal under the Terrorism Act 2000

58 Collection of information
(1) A person commits an offence if—

(a) he collects or makes a record of information of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) he possesses a document or record containing information of that kind.

(2) In this section “record” includes a photographic or electronic record.

Just as taking photos of the police is now illegal (Counter-Terrorism Act 2008)

76 Offences relating to information about members of armed forces etc

(1) After section 58 of the Terrorism Act 2000 (collection of information) insert—
󈬪A Eliciting, publishing or communicating information about members of armed forces etc

(1) A person commits an offence who—

(a) elicits or attempts to elicit information about an individual who is or has been—

(i) a member of Her Majesty’s forces,

(ii) a member of any of the intelligence services, or

which is of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) publishes or communicates any such information.

As with all this kind of legislation, it's much more effective in controlling the public than preventing terrorism.

good point. not clear whether they'd really prosecute, but an issue, certainly.


Watching the Watchers

I read with interest this morning the following:

10 comments:

Open Street Map has a proposal for a CCTV icon - adding the locations to OSM with an associated image might be the way forward.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

That's interesting - thanks. Even better if multiple images and text could be added as annotation.

sim. And some idea of the field of view of the cameras, although that would have to be based on educated guesswork.

Indeed: I think once the basic database existed all kinds of info could be added - when cameras were upgraded, field of view, scanning etc.

A great image to go with this would be http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
the giant collage of UK surveillance state photos.

Indeed, a wonderful encapsulation.

But how about ORG getting together with the OpenStreetMap people - see

to mobilise everyone to build that database?

I'd do my bit in publicising/pushing the idea, and I think a lot of others would, too. Maybe the Guardian would be interested.

Although I think that there are a lot of violations of my right to privacy (is there one in the UK any more?), personally I cannot understand the fuss about CCTV cameras in public places. CCTV cameras are a very poor way of tracking people's movements as they cannot see what you do once you are out of their field of view, especially if you enter a building that does not have them. If someone really wants to know where you go and what you do, it is much easier (and more effective) to have a person follow you than any number of CCTV cameras.

The main issue that I have with CCTV cameras is that many of them have such poor resolution, particularly in low light, that the images produced are useless even for their stated purpose of detecting crime. Unfortunately, the police have found this out on numerous occasions. If the CCTV cameras cannot do the job, it is pointless installing them. It is also a waste of our money when they are put up by the local council.

In any case, many CCTV cameras overwrite the tape (or other recording medium) in a relatively short period of time (every day in some cases) so the fact that I went to the supermarket to buy groceries will be forgotten (erased) by tomorrow. [grin]

(Note that, despite my very weak joke above, this is not based on the "I have nothing to hide" argument which is completely bogus.)

@Pater: good points. I agree that often the CCTV cames are useless, but that doesn't stop them putting in more in some naive belief that it solves all the problems.

The reason I was suggest we watch the watchers is that it might - might - get the people who use them - to think about being watched themselves: I think that much of the attraction of CCTV is that it is an asymmetric power - they watch us, but we can't see them.

The more info we gathered about the CCTVs - where they are, who is running, the more symmetry is introduced.

Setting up a database of CCTV cameras might well be illegal under the Terrorism Act 2000

58 Collection of information
(1) A person commits an offence if—

(a) he collects or makes a record of information of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) he possesses a document or record containing information of that kind.

(2) In this section “record” includes a photographic or electronic record.

Just as taking photos of the police is now illegal (Counter-Terrorism Act 2008)

76 Offences relating to information about members of armed forces etc

(1) After section 58 of the Terrorism Act 2000 (collection of information) insert—
󈬪A Eliciting, publishing or communicating information about members of armed forces etc

(1) A person commits an offence who—

(a) elicits or attempts to elicit information about an individual who is or has been—

(i) a member of Her Majesty’s forces,

(ii) a member of any of the intelligence services, or

which is of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) publishes or communicates any such information.

As with all this kind of legislation, it's much more effective in controlling the public than preventing terrorism.

good point. not clear whether they'd really prosecute, but an issue, certainly.


Watching the Watchers

I read with interest this morning the following:

10 comments:

Open Street Map has a proposal for a CCTV icon - adding the locations to OSM with an associated image might be the way forward.
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Proposed_features/Key:Surveillance

That's interesting - thanks. Even better if multiple images and text could be added as annotation.

sim. And some idea of the field of view of the cameras, although that would have to be based on educated guesswork.

Indeed: I think once the basic database existed all kinds of info could be added - when cameras were upgraded, field of view, scanning etc.

A great image to go with this would be http://www.openrightsgroup.org/2008/10/freedom-not-fear-the-big-picture-unveiled-on-parliament-square/
the giant collage of UK surveillance state photos.

Indeed, a wonderful encapsulation.

But how about ORG getting together with the OpenStreetMap people - see

to mobilise everyone to build that database?

I'd do my bit in publicising/pushing the idea, and I think a lot of others would, too. Maybe the Guardian would be interested.

Although I think that there are a lot of violations of my right to privacy (is there one in the UK any more?), personally I cannot understand the fuss about CCTV cameras in public places. CCTV cameras are a very poor way of tracking people's movements as they cannot see what you do once you are out of their field of view, especially if you enter a building that does not have them. If someone really wants to know where you go and what you do, it is much easier (and more effective) to have a person follow you than any number of CCTV cameras.

The main issue that I have with CCTV cameras is that many of them have such poor resolution, particularly in low light, that the images produced are useless even for their stated purpose of detecting crime. Unfortunately, the police have found this out on numerous occasions. If the CCTV cameras cannot do the job, it is pointless installing them. It is also a waste of our money when they are put up by the local council.

In any case, many CCTV cameras overwrite the tape (or other recording medium) in a relatively short period of time (every day in some cases) so the fact that I went to the supermarket to buy groceries will be forgotten (erased) by tomorrow. [grin]

(Note that, despite my very weak joke above, this is not based on the "I have nothing to hide" argument which is completely bogus.)

@Pater: good points. I agree that often the CCTV cames are useless, but that doesn't stop them putting in more in some naive belief that it solves all the problems.

The reason I was suggest we watch the watchers is that it might - might - get the people who use them - to think about being watched themselves: I think that much of the attraction of CCTV is that it is an asymmetric power - they watch us, but we can't see them.

The more info we gathered about the CCTVs - where they are, who is running, the more symmetry is introduced.

Setting up a database of CCTV cameras might well be illegal under the Terrorism Act 2000

58 Collection of information
(1) A person commits an offence if—

(a) he collects or makes a record of information of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) he possesses a document or record containing information of that kind.

(2) In this section “record” includes a photographic or electronic record.

Just as taking photos of the police is now illegal (Counter-Terrorism Act 2008)

76 Offences relating to information about members of armed forces etc

(1) After section 58 of the Terrorism Act 2000 (collection of information) insert—
󈬪A Eliciting, publishing or communicating information about members of armed forces etc

(1) A person commits an offence who—

(a) elicits or attempts to elicit information about an individual who is or has been—

(i) a member of Her Majesty’s forces,

(ii) a member of any of the intelligence services, or

which is of a kind likely to be useful to a person committing or preparing an act of terrorism, or

(b) publishes or communicates any such information.

As with all this kind of legislation, it's much more effective in controlling the public than preventing terrorism.

good point. not clear whether they'd really prosecute, but an issue, certainly.


Assista o vídeo: COMO FAZER UM SLIDE NO POWER POINT ATUAL (Dezembro 2021).