De outros

15 tradições de casamento internacionais exclusivas que os casais americanos deveriam roubar


Estas ideias de casamento lindas, divertidas e deliciosas podem ajudar a tornar o dia do seu casamento

americano casamentos estão cheios de suas próprias tradições. Temos despedidas de solteiro e solteira, jantares de ensaio, corte de bolo cerimônias, e retratos nupciais, por exemplo. E embora você encontre essas coisas em muitos países ao redor do mundo, todas elas têm raízes na cultura ocidental. Mas cada lugar ao redor do mundo tem suas próprias tradições de casamento, repletas de belos simbolismos que qualquer casal pode apreciar ao iniciar sua nova vida juntos, cercados pela família e amigos.

Para ver a apresentação de slides das 15 tradições de casamento internacionais exclusivas que os casais americanos deveriam roubar, clique aqui.

Se você está procurando explorar suas próprias raízes ou incorporar algumas culturas diferentes em seu casamento, sinta-se à vontade para emprestar essas 15 tradições internacionais exclusivas de casamento. De biscoitos recheados “bem casados” no Brasil a amêndoas com cobertura doce da Itália e croquembouche na França, as sobremesas internacionais são uma maneira fácil (e deliciosa) de impressionar seus convidados.

Mas, é claro, as tradições do casamento vão muito além da comida. Na Alemanha, noivas são sequestradas na noite anterior ao casamento e o noivo precisa caçá-la visitando vários pubs. Na Índia, as irmãs da noiva pregam uma peça no noivo, roubando seus sapatos.

Existem também tradições simbólicas e românticas, como a soltura das pombas (nas Filipinas) ou a coroação da noiva e do noivo (na Grécia). Para essas ideias e muito mais, clique aqui para ler sobre 15 tradições internacionais únicas de casamento que os casais americanos deveriam roubar.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições do pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. O pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é repartido entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo parecido com a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Os membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Há uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passagem do Korovai para os convidados, entendendo que é uma experiência muito sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições do pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é repartido entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo parecido com a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Os membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Existe uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passagem do Korovai para os convidados, entendendo que é uma experiência muito sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições do pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é partilhado entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo como a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Os membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Há uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passar o Korovai aos convidados, entendendo que é uma experiência mais sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições do pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é partilhado entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo parecido com a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Os membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Existe uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passagem do Korovai para os convidados, entendendo que é uma experiência muito sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições de pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é repartido entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo como a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Há uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passar o Korovai aos convidados, entendendo que é uma experiência mais sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições de pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é partilhado entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo parecido com a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Os membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Existe uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passar o Korovai aos convidados, entendendo que é uma experiência mais sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições de pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é partilhado entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo parecido com a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família prevê que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Existe uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. As mulheres que estão a fazer pão de casamento acreditam que, para evitar resultados indesejados, devem trabalhar com o pão de uma forma alegre e feliz - rápida e profissionalmente, sem quaisquer hesitações.

A Korovai está presente em todos os eventos de casamento do início ao fim. Quando o casal amoroso vai à igreja para obter a bênção de Deus para sua vida futura, o Korovai é levado com eles. Durante toda a cerimônia ela ocupa seu lugar de respeito próximo ao altar. Após o serviço religioso, Korovai é levado ao local onde o casal irá celebrar o seu casamento para a recepção onde é colocado em local bem visível. No final da festa, Korovai é dividido entre todos os convidados. Os parentes mais próximos da noiva, os homens casados, teriam o papel respeitoso de cortá-la e oferecê-la aos convidados.

Aqui está um vídeo que fornece uma explicação completa do processo de passar o Korovai aos convidados, entendendo que é uma experiência mais sagrada e tradicional. Então, assista e divirta-se.


Korovai (pão de casamento)

Não vamos esquecer detalhes importantes, como o casamento Korovai! Se você começar a explorar as tradições do casamento de diferentes nações, descobrirá que cada nação tem uma tradição de ter algum tipo de pão especial para o casamento. Os ucranianos, conhecidos por possuírem os solos mais férteis do planeta e abundantes safras de trigo, não são os únicos a honrar essas tradições do pão. Este pão especial tem nomes diferentes em diferentes países. Pão de casamento ucraniano tem o nome orgulhoso - Korovai.

Vamos falar sobre a história de Korovai.

Pão de casamento "Korovai" não é um pão qualquer servido à mesa de casamento. Parece um bolo grande, que pode ter de 1 a 5 camadas, decorado com massa asmos, marshmello ou clara de ovo batida (merengue). Este pão acompanha o futuro casal desde o início do dia do casamento e é partilhado entre os convidados no final da festa. Digamos que seja algo parecido com a tradição americana de bolo de casamento, mas o ucraniano Korovai tem muito mais propósito do que fornecer uma guloseima saborosa.

A preparação de Korovai é um dos rituais de casamento mais comuns entre os ucranianos, que simboliza a bênção que a comunidade dá ao casal. Em diferentes regiões da Ucrânia, este ritual pode ser ligeiramente diferente. O pão principal do casamento foi desenhado de acordo com um determinado tema / cenário. O processo de confecção do Korovai deveria ser iniciado na sexta-feira ou sábado antes do dia do casamento na casa dos noivos. Membros de ambas as famílias devem participar do ritual como um símbolo de conexão entre famílias.

Na Ucrânia, é comum haver mulheres casadas fazendo Korovai. A condição necessária é - as mulheres devem estar no primeiro casamento e ter uma vida familiar feliz. A participação de viúvas é desaprovada (não permitida). Existe uma superstição de que as mulheres que fazem o pão do casamento, darão um pedaço de seu destino ao futuro casal.

O cozimento do Korovai é acompanhado por várias ações ritualísticas. Por exemplo, as mulheres que fariam a massa seriam amarradas com uma toalha bordada especial e suas mãos seriam lavadas com água benta. O processo de confecção da massa deve fluir com o bom humor dos padeiros. Quando a massa estava pronta, uma das mulheres fazia o sinal da cruz no topo da vitrine do forno, no forno e no próprio pão. Só depois de uma oração silenciosa o Korovai entrava no forno quente com o máximo cuidado.

A família antecipa que o pão ficará bom e mesmo assado - sem rachaduras na parte superior e nas laterais. Existe uma crença comum entre o povo ucraniano de que pão retorcido é um sinal de má sorte para o casal em potencial, e que pão partido significa divórcio. Women, who are baking wedding bread believe, that to prevent unwanted results they should work with the bread in a cheerful and happy mood - fast and proffesional without any hesitations.

The Korovai is present at all wedding events from the beginning to the end. When the loving couple goes to the church to obtain the blessing of God for their future life, the Korovai is taken with them. During the entire ceremony it takes its respectful place close to the altar. After the church service, Korovai is taken to the place where the couple will celebrate their marriage to the reception where it is placed in a highly visible location. At the end of the celebration, Korovai is divided among all guests. The closest relatives of the bride, married men, would have a respectful role of cutting it and offering it to guests.

Here is a video that provides a thorough explanation of the process of passing the Korovai to guests, understand that it is a most sacred, traditional experience. So, watch and enjoy.


Korovai (Wedding Bread)

Let's not forget about important details such as wedding Korovai! If you start exploring wedding traditions of different nations, you will find out that every nation has a tradition of having some kind of special bread for the wedding. Ukrainians, who are known to possess the planet's most fertile soils and bountiful wheat crops, aren't the only ones to honor such bread traditions. This special bread has different names in different countries. Ukrainian wedding bread bares the proud name - Korovai.

Let's talk about the history of Korovai.

Wedding bread "Korovai" is not just any bread served at the wedding table. It looks like a big cake, which may have from 1 to 5 tiers, decorated with unleavened dough, marshmello or whipped eggwhite (meringue). This bread accompanies the prospective couple from the very beginning of their wedding day and is shared among the guests at the end of the party. Let's say, that it is something like american tradition of wedding cake, but Ukrainian Korovai has much more purpose than for providing a tasty treat.

The preparing of Korovai is one of the most common wedding rituals amongst Ukrainians, which symbolizes the blessing the community gives to the wedding couple. In different regions of Ukraine, this ritual may slightly differ. The main wedding bread has been designed according to a certain theme/scenery. The process of making Korovai should have been started on the Friday or Saturday before the wedding day at the bride's or groom's house. Members of both families should participate in the ritual as a symbol of families connecting.

In Ukraine, it is common to have women who are married making Korovai. The nesessary condition is - women should be in their first marriage and have happy family life. Participation of widows is frowned upon(dissallowed). There is a superstition that women who make the wedding bread, will give a piece of their fate to the prospective couple.

The baking of Korovai is accompanied by various ritualistic actions. For example, women who would be making the dough would be bound with a special embroidered towel and their hands would be washed with holy water. The process of making dough should flow with a good mood of bakers. When the dough is ready, one of the women would make the sign of the cross on top of the oven showel, on the oven, and on the bread itself. Only after silent prayer would the Korovai enter the hot oven with the utmost care.

The family anticipates that the bread will come out nice and baked even - without any cracks on top and on the sides. There is a common belief among Ukrainian people that twisted bread is a sign of bad luck for the prospective couple, and the cracked bread signifies divorce. Women, who are baking wedding bread believe, that to prevent unwanted results they should work with the bread in a cheerful and happy mood - fast and proffesional without any hesitations.

The Korovai is present at all wedding events from the beginning to the end. When the loving couple goes to the church to obtain the blessing of God for their future life, the Korovai is taken with them. During the entire ceremony it takes its respectful place close to the altar. After the church service, Korovai is taken to the place where the couple will celebrate their marriage to the reception where it is placed in a highly visible location. At the end of the celebration, Korovai is divided among all guests. The closest relatives of the bride, married men, would have a respectful role of cutting it and offering it to guests.

Here is a video that provides a thorough explanation of the process of passing the Korovai to guests, understand that it is a most sacred, traditional experience. So, watch and enjoy.


Korovai (Wedding Bread)

Let's not forget about important details such as wedding Korovai! If you start exploring wedding traditions of different nations, you will find out that every nation has a tradition of having some kind of special bread for the wedding. Ukrainians, who are known to possess the planet's most fertile soils and bountiful wheat crops, aren't the only ones to honor such bread traditions. This special bread has different names in different countries. Ukrainian wedding bread bares the proud name - Korovai.

Let's talk about the history of Korovai.

Wedding bread "Korovai" is not just any bread served at the wedding table. It looks like a big cake, which may have from 1 to 5 tiers, decorated with unleavened dough, marshmello or whipped eggwhite (meringue). This bread accompanies the prospective couple from the very beginning of their wedding day and is shared among the guests at the end of the party. Let's say, that it is something like american tradition of wedding cake, but Ukrainian Korovai has much more purpose than for providing a tasty treat.

The preparing of Korovai is one of the most common wedding rituals amongst Ukrainians, which symbolizes the blessing the community gives to the wedding couple. In different regions of Ukraine, this ritual may slightly differ. The main wedding bread has been designed according to a certain theme/scenery. The process of making Korovai should have been started on the Friday or Saturday before the wedding day at the bride's or groom's house. Members of both families should participate in the ritual as a symbol of families connecting.

In Ukraine, it is common to have women who are married making Korovai. The nesessary condition is - women should be in their first marriage and have happy family life. Participation of widows is frowned upon(dissallowed). There is a superstition that women who make the wedding bread, will give a piece of their fate to the prospective couple.

The baking of Korovai is accompanied by various ritualistic actions. For example, women who would be making the dough would be bound with a special embroidered towel and their hands would be washed with holy water. The process of making dough should flow with a good mood of bakers. When the dough is ready, one of the women would make the sign of the cross on top of the oven showel, on the oven, and on the bread itself. Only after silent prayer would the Korovai enter the hot oven with the utmost care.

The family anticipates that the bread will come out nice and baked even - without any cracks on top and on the sides. There is a common belief among Ukrainian people that twisted bread is a sign of bad luck for the prospective couple, and the cracked bread signifies divorce. Women, who are baking wedding bread believe, that to prevent unwanted results they should work with the bread in a cheerful and happy mood - fast and proffesional without any hesitations.

The Korovai is present at all wedding events from the beginning to the end. When the loving couple goes to the church to obtain the blessing of God for their future life, the Korovai is taken with them. During the entire ceremony it takes its respectful place close to the altar. After the church service, Korovai is taken to the place where the couple will celebrate their marriage to the reception where it is placed in a highly visible location. At the end of the celebration, Korovai is divided among all guests. The closest relatives of the bride, married men, would have a respectful role of cutting it and offering it to guests.

Here is a video that provides a thorough explanation of the process of passing the Korovai to guests, understand that it is a most sacred, traditional experience. So, watch and enjoy.


Assista o vídeo: Meu casamento com um americano #americanandbraziliancouple (Janeiro 2022).